Feed RSS

Crescimento econômico em 2013 e redução de impostos são metas do governo

Postado em 11 outubro 2010

A presidenta Dilma Rousseff disse nesta quinta-feira, 27, que está fazendo “o possível e o impossível” para que o crescimento do Produto Interno

Bruto (PIB) no próximo ano seja o maior possível. Para ela, a retomada da economia mundial, principalmente de Estados Unidos e China, deve beneficiar o Brasil. Dilma disse ainda que não pretende fazer mudanças no comando do Ministério da Fazenda.

Entre as medidas que levaram o Brasil a ser um País mais competitivo, Dilma listou a redução de juros, a taxa de câmbio “mais realista” e investimentos pesados em infraestrutura. No entanto, cobrou veementemente a redução de impostos e mudanças na estrutura tributária, que, segundo ela, tem que ser mais racional.

“O Brasil precisa

reduzir impostos. Quando diminui a carga de juros, possibilita reduzir impostos. O Brasil precisa de uma mudança na sua estrutura tributária. Não falo em reforma, porque é mais fácil criar um mosaico do que fazê-la abruptamente. O Brasil precisa de uma estrutura tributária mais racional”.

Perguntada sobre interferência no setor privado, a presidenta foi enfática ao responder que agiu para garantir condições de empréstimos de longo prazo para investimentos. “Ninguém investe com financiamento de sete anos. Interferi sim para ter financiamento de 20, 30 anos e brigo ainda. Sou umas das pessoas mais preocupadas com financiamento a longo prazo”.
Dilma defendeu a criação de outras formas de financiamento a longo prazo no país, como fundos que aceitem debêntures como ações, e a maior participação de bancos privados no setor. “Precisamos que bancos privados participem do financiamentos, e não apenas o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

A presidenta evitou comentar a expectativa de novas quedas na taxa de juros ou outros indicadores econômicos. “Não me manifesto sobre juros e câmbio”. Com informações da Agência Brasil.Dilma defendeu a criação de outras formas de financiamento a longo prazo no país, como fundos que aceitem debêntures como ações, e a maior participação de bancos privados no setor. “Precisamos que bancos privados participem do financiamentos, e não apenas o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

online casino

cheap buy Viagra online
Viagra online
buy viagra samples
sale viagra price
Buy Sildenafil

Comentar

Governo Federal reúne novos gestores em Brasília

Postado em 11 outubro 2010

Nos dias 28, 29 e 30 de janeiro, será realizado, em Brasília, o Encontro Nacional com Novos Prefeitos e

Prefeitas. O objetivo do evento é subsidiar os gestores municipais com informações sobre programas e ações federais que ajudarão a iniciar os mandatos, ou dar continuidade à gestão municipal com foco no desenvolvimento sustentável. O evento, cujo tema é “Municípios Fortes, Brasil Sustentável”, irá reunir os principais Ministérios e órgãos do Governo Federal para apresentarem suas políticas, divididas em quatro eixos: desenvolvimento social, desenvolvimento econômico, desenvolvimento ambiental e urbano, e participação social e cidadania.

A iniciativa faz parte das ações de apoio à gestão local e garante a continuidade do diálogo direto e republicano entre Governo Federal e governos municipais que teve início em 2003, com a criação do Comitê de Articulação Federativa – CAF. Esse diálogo assegurou importantes conquistas e benefícios para os Municípios.

Além de apresentar os principais programas do Governo Federal executados em parceria com os governos municipais, como Brasil sem Miséria, PAC II, Política Nacional de Saneamento e de Resíduos Sólidos, entre outros, o evento irá oferecer

oficinas técnicas sobre o sistema de convênios e outros instrumentos de modernização administrativa, e apresentar boas práticas de municípios e consórcios públicos intermunicipais em diversas áreas. Também foram organizadas publicações como: orientações para e início de mandato, catálogo de programas federais que podem ser acessados pelas prefeituras e revista sobre os programas e ações do Governo Federal.

online casino bonuser

Comentar

Segurança no Interior é reforçada por 920 novos policiais

Postado em 11 outubro 2010

Um total de 920 novos policiais militares conclui o curso de formação, na próxima terça-feira (05). A solenidade de conclusão será às 8h30min, no Centro de Eventos do Ceará, com a presença do governador Cid Gomes. Além dos novos soldados, serão entregues mais 39 viaturas para reforço na segurança. Todos os novos PMs serão destinados para o Interior do Estado, principalmente os destacamentos com menor efetivo.
Dessa maneira, acredita o Governo do Estado, nenhum município cearense terá um efetivo inferior a 10 policiais militares.
Essa será a primeira turma do concurso da Polícia Militar realizado em 2012. Logo após a formatura dessa turma, mais 1.150 novos policiais farão o curso com conclusão prevista ainda para este ano. Em 2014 será formada uma terceira turma, com efetivo que atingirá, ao final desta nova formação, um número total de 3.000 novos PMs (total

das três turmas).

Ainda na área da Segurança Pública, a Coordenadoria de Comunicação do Governo do Estado informa que, neste mês de fevereiro, acontecerá a formação da turma de aproximadamente 600 inspetores da Policia Civil e em Março será concluída a turma aproximada de 140 profissionais para Perícia Forense do Ceará (Pefoce).

onlinecasino

cheap buy Viagra online
Sildenafil citrate
Viagra samples
generic viagra price
kamagra online

Comentar
Página 58 de 58« Primeira...102030...5455565758

AtendimentoCentral: 85 3252-1454 | TIM: 85 99924-5884 | CLARO: 85 99119-9396 | OI: 85 98527-3138 | Whatsapp: 85 99683-7978

SEDE 2Juazeiro do Norte, CE - 88 3511-9361

SS Informática