Feed RSS

Entrega da declaração do IRPF começa em 2 de marçoEntrega da declaração do IRPF começa em 2 de março

Postado em 5 fevereiro 2015

A entrega da declaração do Imposto de Renda começará em 2 de março e irá até 30 de abril, segundo regras anunciadas ontem pela Receita Federal. É obrigada a apresentar a declaração a pessoa física residente no Brasil que recebeu no ano passado rendimentos tributáveis acima de R$ 26.816,55 ou rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil.

 

Também precisa fazer a declaração quem teve, em qualquer mês de 2014, ganho de capital na alienação de bens ou direitos sujeito à incidência do imposto ou realizou operações em Bolsas. A Receita espera receber 27,5 milhões de declarações neste ano. Em 2014, foram entregues 27 milhões.

 

Segundo o supervisor Nacional do Programa Imposto de Renda, Joaquim Adir, a previsão é que haja sete lotes de restituição. O primeiro, preferencial para idosos, pessoas com deficiência e doenças graves, deve sair em junho. Adir ressaltou que, quanto mais cedo o contribuinte declarar, mais cedo deve receber a restituição.

 

A declaração só pode ser feita por meios virtuais. Via computador, o contribuinte pode baixar o Programa Gerador da Declaração relativo ao exercício de 2015, disponível na página da Receita. É possível também fazer a declaração online, na própria página da Receita, na opção “Declaração IRPF 2015 on-line” (exclusivo para quem tem certificação digital).

 

Pelo tablet ou smartphone, o contribuinte pode baixar o aplicativo do IRPF (disponível na Google Play ou App Store) e acessar o serviço “Fazer Declaração”. A opção existe desde o ano passado, quando 144 mil declarações foram entregues dessa forma. Os aplicativos para a declaração de 2015 estarão disponíveis a partir do fim do mês.

 

Neste ano, há nova ferramenta à disposição, chamada de Rascunho, por meio da qual é possível preencher previamente a declaração ao longo do ano. O contribuinte pode organizar os dados, em documento à parte daquele que será enviado à Receita, e depois importá-los para a declaração. O Rascunho poderá ser alterado até o dia 28, e a importação, ser feita até o prazo da declaração.

 

Correção

Neste ano, apenas alguns limites foram corrigidos em 4,5%, tais como rendimentos tributáveis e deduções com dependentes e instrução. Para o contribuinte, a atualização da tabela abaixo da inflação significa na prática aumento na base de cálculo do imposto.

 

“Quando não há correção de acordo com a inflação, muitas pessoas que estavam na faixa de isentos, por exemplo, passam a contribuir. Nas outras faixas, algumas trocam de alíquota e pagam mais imposto”, lembra José Batista Maciel, contador e vice-presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Ceará (CRC-CE).

 

De acordo com o Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Federal, a defasagem na correção da tabela está em 64,3% nos últimos 19 anos. Para zerar essa defasagem, o limite de isenção teria de ser de R$ 2.937,30 (hoje é R$ 1.868,22). “A Receita pode até recuar e corrigir pelos 6,5%, mas não acredito nesta possibilidade. A preocupação do Governo é aumentar a arrecadação e conter o desequilíbrio fiscal”, diz Maciel

Comentar

INICIADA SEGUNDA ETAPA DE COLETA DE DADOS DO CENSO ESCOLAR 2014

Postado em 3 fevereiro 2015

Diretores e dirigentes das escolas públicas e também das secretarias estaduais e municipais de educação têm até dia 20 de março para enviarem os dados do censo Escolar de 2014, a partir do módulo Situação do Aluno. É importante que os gestores fiquem atentos ao prazo de inserção dos dados, uma vez que nesta etapa, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) recolhe, por meio do Educacenso (sistema de coleta de dados via internet), informações detalhadas sobre os alunos como rendimento (aprovação ou reprovação) e movimento (transferência ou desistência do educando no fim do ano letivo).

Os dados coletados são fundamentais, e que devem ser preenchidos corretamente para não ficar de fora das estatísticas oficiais que servem de base para a implementação de programas federais direcionados às escolas públicas, estaduais e municipais.

Ao preencher o módulo Situação do Aluno, as escolas devem informar, somente nas turmas de escolarização, situações como rendimento, movimento, não movimentação (etapas de educação infantil, creche e pré-escola), curso em andamento (educação de jovens e adultos e educação profissional). Também devem confirmar os dados dos concluintes (aprovação e finalização) e dos admitidos após o censo. Este último refere-se ao rendimento e movimento dos alunos de todas as modalidades de ensino com matrícula ativa no Censo Escolar de 2014 e que entraram na escola após a data de referência (maio do ano passado).

Caso alguma rede de ensino ainda não tenha sistema próprio de coleta de dados, as informações indicativas da situação do aluno em 2014 podem ser transferidas para o sistema Educacenso.

O Censo

O Censo Escolar é um levantamento nacional, anual, de dados estatístico-educacionais, sob a coordenação do Inep. A coleta de dados inclui estabelecimentos de ensino, matrículas, funções docentes, movimento e rendimento escolares. As informações são usadas para avaliar a situação nacional da educação básica e servem de referência para a formulação de políticas públicas e execução de programas na área da educação.

Comentar

MUNICÍPIOS RECEBEM NOVO MEDICAMENTO PARA O TRATAMENTO DA AIDS

Postado em 19 janeiro 2015

Na próxima semana, os municípios brasileiros devem começar a receber dos Estados o novo medicamento para o tratamento da AIDS. Conhecido como 3 em 1, o composto foi distribuído pela União aos governos estaduais esta semana. A estimativa é que 100 mil pacientes em todo o País utilizem este medicamento contra o HIV.

O 3 em 1 é uma dose tripla combinada, composta pelos medicamentos Tenofovir (300 mg), Lamivudina (300 mg) e Efavirenz (600 mg). São 7,3 milhões de comprimidos a serem distribuídos. Este montante garante o tratamento de pacientes soropositivo por um ano. O uso do 3 em 1 está previsto no Protocolo Clínico de Tratamento de Adultos com HIV e AIDS.

Este medicamento reduz a quantidade de comprimidos que um paciente deve tomar diariamente. No Rio Grande do Sul e Amazonas, os dois Estados com maior quantidade de soropositivos, a dose tripla é distribuída desde novembro do ano passado.

HIV

No Brasil, 734 mil pessoas são portadoras do vírus HIV. No entanto, apenas 589 mil, ou 80% do total, foram diagnosticadas. O país produz 12 dos 22 medicamentos distribuídos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e usados no tratamento contra a doença.

Comentar

S&S Informática – alterações e adequações ao SIM/2015

Postado em 15 janeiro 2015

Resumo das alterações dos sistemas da S&S INFORMÁTICA para adequação do SIM durante o exercício de 2015.Resumo das Alterações do Sistema Gestor para Atendimento do SIM 2015

Comentar

Declaração Anual da Dívida Ativa de 2014

Postado em 15 janeiro 2015

A S&S Informática disponibiliza por meio do Sistema SAT – Sistema de Administração Tributária o relatório DECLARAÇÃO ANUAL DA DÍVIDA ATIVA para que seja entregue junto ao Setor Contábil para apropriação no Balanço Anual de 2014.
O Relatório em anexo orienta como emitir o referido relatório no Sistema SAT.
Declaração Anual da Dívida Ativa
Atenciosamente,
Samoel Moreira de Holanda Júnior
Diretor S&S Informática

Comentar

TABELA INSS, IRRF, SALÁRIO FAMILIA 2015.

Postado em 13 janeiro 2015

Caros clientes,
Usuário do Sistema de Folha de Pagamento.

Fazer Atualização do Sistema de Folha de Pagamento (SISFO), pois já está disponível as Tabelas do INSS, IRRF E SALÁRIO FAMÍLIA, referente ao exercício de 2015.

A atualização está disponível no nosso site WWW.SSINFORMATICA.NET

Atenciosamente,

Chico Frutuoso
Diretor Suporte Técnico

Comentar
Página 40 de 61« Primeira...102030...3839404142...5060...Última »

AtendimentoCentral: 85 3252-1454 | TIM: 85 99924-5884 | CLARO: 85 99119-9396 | OI: 85 98527-3138 | Whatsapp: 85 99683-7978

SEDE 2Juazeiro do Norte, CE - 88 3511-9361

SS Informática